Aicebergue, correto aportuguesamento de “iceberg”, entra no dicionário

O correto aportuguesamento de iceberg é aicebergue, substantivo masculino, incluído no mais recente Vocabulário Ortográfico da Academia portuguesa, edição de 2012 e que, imediatamente após este alerta do DicionárioeGramática.com, também acaba de ser incluído no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.

É interessante a história da palavra “iceberg” – enfim aportuguesada como aicebergue – na língua portuguesa. A palavra nos chegou – como chegou à maioria dos idiomas – já como um híbrido: via o inglês iceberg, já por si uma “anglicização” do nome original, vindo dos países nórdicos, onde esses enormes blocos de gelo são mais comuns. “Berg” significa montanha em sueco, holandês e alemão. Do sueco isberg, do alemão Eisberg ou do holandês ijsberg – todas significando, literalmente, “montanha de gelo” -, os anglófonos cunharam seu iceberg, mantendo a terminação que nada significa em inglês, mas substituindo a primeira parte da palavra por sua própria grafia para “gelo”.

Foi pela língua inglesa que a palavra ganhou o mundo em 1912 – quando justamente uma dessas montanhas de gelo foi causadora do naufrágio mais famoso da história, o do “inafundável” Titanic.

Um século inteiro depois, porém, víamo-nos no Brasil de 2012 ainda usando a palavra tal e qual tomada do inglês – fenômeno no mínimo raro, se comparado a tantos outros que tão facilmente se adaptaram à ortografia portuguesa – abat-jour como abajur, football como futebol, etc. Na Europa, por sua vez, os portugueses, muito mais avessos que os brasileiros à incorporação sem alterações vocábulos estrangeiros, há muito já haviam “resolvido” a questão, incluindo em vocabulários a palavra aportuguesada… icebergue. Assim mesmo, apenas aportuguesado o final da palavra, mas mantido o “ice” à inglesa, era o recomendado pelos Vocabulários oficiais lusitanos.

No Brasil, o brilhante gramático Domingos Paschoal Cegalla, autor de uma das gramáticas mais vendidas do Brasil pelo último meio século e infelizmente falecido em 2009, propunha em seu “Dicionário de Dúvidas da Língua Portuguesa” a forma “aicebergue”. A grafia “aicebergue” também já era recomendada pelo tradicionalíssimo gramático brasileiro Napoleão Mendes de Almeida e pelo dicionarista brasileiro Sacconi.

Em 2014, enfim, a consagração do aportuguesamento: o Vocabulário Ortográfico Atualizado da Língua Portuguesa, da Academia das Ciências de Lisboa (homólogas, respectivamente, do VOLP brasileiro e da Academia Brasileira de Letras), expurgou a tão criticada forma icebergue e, sem nenhum alarde, inclui, já na letra “a”, a forma aicebergue, como substantivo masculino.

Os dicionários e o público em geral, porém, têm demorado a perceber essa bem-vinda mudança de postura de uma das duas grandes Academias reguladoras da língua portuguesa. Ao menos a Porto Editora já incluiu aicebergue como tradução de iceberg em seu dicionário de português-italiano – o mais recentemente lançado pela famosa fabricante de dicionários portugueses; e o Dicionário da Língua Portuguesa On-Line Priberam finalmente (após certa insistência de nossa parte) acaba de dicionarizar a mais que bem-vinda grafia aicebergue, plural aicebergues – embora ainda mantenha, como sinônima, a infame icebergue, com indicação de uma impossível pronúncia do “i” como “ai em português.

Abaixo com icebergues e icebergs em português – e vida longa à forma aicebergue, muito bem-vinda em nossa língua e ótimo exemplo de bom aportuguesamento.

4 comentários sobre “Aicebergue, correto aportuguesamento de “iceberg”, entra no dicionário

  1. Pingback: Sélfie, em português, tem de ter acento | DicionarioeGramatica.com

  2. Pingback: Aportuguesamentos recentes… | DicionarioeGramatica.com

  3. Por que não “montanha de gelo”? Já é batalha perdida? Sim, mas vá ver se não é também a de aicebergue: em tudo quanto é lugar, escreve-se iceberg, à inglesa.

    Eu tenho uma relação mais pessoal com a língua, não me deixo pautar pela escolha de gramáticos e dicionaristas com as quais não concordo, escolhendo sempre o que me agrada mais, ainda que não me entendam imediatamente: se digo “montanha de gelo” e não me entendem, daí sim digo ou escrevo aicebergue.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s