Um tapa ou “uma tapa” na cara?

Em resposta de ontem, sobre palavras que podem ser indistintamente usadas com artigo feminino ou masculino (como “uma lhama” ou “um lhama”, a diabetes ou o diabetes, o avestruz ou a avestruz, o personagem ou a personagem, o sabiá ou a sabiá, o sentinela ou a sentinela), demos também, como exemplo, a palavra “tapa”. Um leitor escreveu-nos então para questionar a afirmação, dizendo que “nesse caso é diferente: a tapa é outra coisa; o tapa (palmada com a mão), por exemplo ‘tapa na cara’, é sempre no masculino: um tapa, o tapa, não é?”

Não, não é: exatamente como os demais exemplos dados, uma palmada pode ser chamada de “um tapa” ou de “uma tapa”. Estamos, nos dois casos, referindo-nos apenas a tapa como sentido de “palmada”, golpe ou contato que se faz com a mão aberta, com a palma da mão (não estamos, portanto, considerando a palavra espanhola tapa, cada vez mais usada em português – embora essa, sempre no feminino – para designar pequenas porções de comida).

Focando-nos, portanto, na língua portuguesa, nas palmadas: embora no Sul e no Sudeste do Brasil (o que inclui nossas duas maiores cidades, São Paulo e Rio de Janeiro) se fale em “uns tapas”, “o tapa”(“um tapinha nas costas”, “dar um tapa”), em grande parte do Brasil, sobretudo (mas não apenas) no Norte e no Nordeste, assim como em Portugal, diz-se”uma tapa”: “deu uma tapinha no braço do filho”, “levou umas tapas”, “ganhei umas tapinhas nas costas”.

Exemplos disso são a expressão “umas tapinhas nas costas”, nesta reportagem da Folha de Pernambuco, ou esta manchete do Correio Braziliense (principal jornal da capital, Brasília): OLP diz que projeto de colônias em Jerusalém é uma “tapa na cara” nos EUA.

Interessante também é o relato do professor Pasquale, consultor de língua portuguesa da carioca Rede Globo e do jornal Folha de S.Paulo, que relatou certa vez que, ao viajar a Belém do Pará, parado numa fila, ouviu uma mulher falando a outra que alguém dera “uma tapa” em outro alguém. “E eu, que sempre ensinara que ‘tapa’ podia ser palavra masculina ou feminina – como está nos dicionários! – finalmente descobria que aquilo era real, e não mera maluquice de gramáticos”, concluiu o professor à época.

Um comentário sobre “Um tapa ou “uma tapa” na cara?

  1. Pingback: O lhama ou a lhama, um lhama ou uma lhama? | DicionarioeGramatica.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s