Avôs ou avós? O plural de avô (e de avó)

Untitled

Em geral, a língua é machista: o pai e a mãe, juntos, podem ser chamados de “os pais” (mas nunca “as mães”). O tio e a tia são “os tios”. Mas “o avô e a avó”, juntos, são “os avós”.

Assim como o plural de ovo (que se pronuncia “ôvo”) é ovos (pronunciado “óvos”), o plural normal de avô, quando inclui o vô e a vó, é avós. Existe também o plural regular “avôs”, com ô fechado, que só se usa para indicar dois avôs homens (o pai do pai e o pai da mãe, por exemplo).

Em resumo: o vô e a vó, juntos, são os avós. A vó materna e a vó paterna, juntas, são as avós. Os quatro, juntos, são também os avós. E somente o avô materno (pai da mãe) e o avô paterno (pai do pai), juntos, é que seriam os avôs, com ô fechado.

“Vô” e “vó” são formas encurtadas, igualmente válidas, de avô e avó; e vovô e vovó, formas carinhosas.

Bons dicionários, como o Priberam e o Dicionário Houaiss, definem corretamente os dois plurais:

avôs: substantivo masculino plural
1 o avô paterno e o avô materno conjuntamente

avós: substantivo masculino plural
1 o avô e a avó (o casal) de um indivíduo
2 todos os antepassados de uma pessoa, com exceção dos próprios pais; ascendentes, avoengos

6 comentários sobre “Avôs ou avós? O plural de avô (e de avó)

  1. Pingback: Avôs ou avós? O plural de avô (e de avó) – Paramotorfilmes

    • E nesse comentário acima, vemos um exemplo prático mais da evolução da língua portuguesa: a elevação das vogais “o” a “u” em sílabas não tônicas, já quase absoluta no português lusitano falado, em nível intermediário no português brasileiro falado, e que começa a ter sucesso na escrita, sobretudo na de palavras tabus, que não se encontram escritas em textos formais e que são, por isso, mais permeáveis à mudança: pense-se nos exemplos de buceta (como vulva), que já tem muito mais uso do que boceta; culhões (por colhões); e o aqui exemplificado fuder por foder.

      Curtido por 1 pessoa

      • Por que avós e não avôs para indicar o plural?

        No português é usado, habitualmente, o plural do masculino quando engloba um elemento feminino e um elemento masculino:

        o menino e a menina: os meninos;
        o aluno e a aluna: os alunos;
        o professor e a professora: os professores;
        o diretor e a diretora: os diretores;
        o coordenador e a coordenadora: os coordenadores;
        o supervisor e a supervisora: os supervisores;
        o usuário e a usuária: os usuários;
        o funcionário e a funcionária: os usuários.

        Isso não acontece no caso dos avós. Isso se deve ao fato da forma masculina plural da palavra avô ter mantido a vogal tônica aberta, como acontece em outras palavras como: ovo (ô) e ovos (ó), tijolo (ô) e tijolos (ó), porco (ô) e porcos (ó),…

        A evolução das palavras avô e avó do latim para o português foi complexa, tendo iniciado nas palavras em latim aviola (avó) e aviolu (avô) e sofrido várias alterações fonéticas.

        Existe a palavra avo, abreviação de oitavo, é um substantivo masculino usado na matemática e, quando justaposta ao denominador de uma fração, indica a quantidade de vezes em que a unidade é dividida em partes iguais. É uma palavra usada apenas nos denominadores maiores que dez.

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s