Caiçara, habitante do litoral: com “ç”, por vir do tupi

18_mhg_caic387aras_domingo

No Brasil, 15 de março é o dia do caiçaraCaiçara designa o praiano habitante tradicional do litoral, sobretudo, de São Paulo, do Rio de Janeiro e do Paraná. Na definição de Bechara (em seu dicionário escolar), é o “matuto praiano, geralmente pescador“. Na definição de Houaiss, é o “habitante do litoral, que vive de modo rústico, especialmente da pesca ou de atividade próxima” ou, em sentido mais geral, “natural ou habitante de localidade litorânea; praiano“. Para o Aulete, é o “habitante do litoral fluminense e paulista que vive especialmente da pesca” – embora especificações geográficas como essa tendam a ser incompletas: a despeito do que diz o Aulete, o termo caiçara também é usado, por exemplo, pelos habitantes do litoral do Paraná.

A palavra caiçara, proveniente do tupi (língua em que originalmente significava o tipo de cerca ou paliçada construído por esses habitantes), escreve-se, naturalmente, com “ç”, e não caissara – pelo mesmo motivo pelo qual o palmito é juçara, e não jussara: por convenção ortográfica, é sempre o cê-cedilha, e nunca os dois “ss”, que se usa em palavras portuguesas de origem tupi. É o mesmo caso de paçoca, açaí, cupuaçu, Iguaçu…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s