Feminicídio, deicídio, fordicídio e os vários tipos de assassinato

fordicidio-1092725DX6JNu0pZ

Hoje, Dia Internacional da Mulher, completa um ano a promulgação, no Brasil, da lei do feminicídio, que transformou em crime hediondo no país o assassinato de mulher(es) por motivação diretamente relacionada ao seu gênero.

Anos atrás, o presidente Hugo Chávez veio várias vezes a público para denunciar o que seriam planos de oposicionistas de concretizar um magnicídio – o “assassinato de uma pessoa ilustre” – palavra que, embora muitos tenham achado ser uma invencionice do venezuelano, em português até o Dicionário de Caldas Aulete original já registrava (ver aqui).

Embora não registre ainda feminicídio – e aquele que o comete, o feminicida -, o Aurélio registra, além dos óbvios suicídio e homicídio, também os seguintes tipos de assassinato:

  • bispicídio: assassinato de bispo
  • deicídio: assassinato de um deus
  • filicídio: ato de matar o próprio filho
  • gnaticídio: ato de matar o próprio filho (forma menos usada de filicídio)
  • fordicídio: ato de matar uma vaca prenha
  • formicídio: ato de matar formigas
  • fratricídio: ato de matar o próprio irmão
  • gaticídio: ato de mator gato(s)
  • infanticídio: ato de matar criança(s)
  • mariticídio: ato de matar o próprio marido
  • matricídio: ato de matar a própria mãe
  • parricídio: ato de matar o pai, a mãe ou qualquer dos ascendentes
  • regicídio: ato de matar rei ou rainha
  • sororicídio: ato de matar a própria irmã
  • tiranicídio: assassinato de um tirano
  • uxoricídio: ato de matar a própria esposa

5 comentários sobre “Feminicídio, deicídio, fordicídio e os vários tipos de assassinato

  1. Bispicídio e gaticídio são os únicos da lista que misturam um elemento português com um latino, tendo sido formados já em português. Se nos tivessem chegado do latim, teríamos possivelmente episcopicídio e caticídio (ou felinicídio).

    Curtido por 1 pessoa

    • Prezado Klavdjo, seu desejo é uma ordem: adicionei a faltante parricídio, e ainda farei uma breve postagem a respeito. Sobre Delcídio, de fato o nome remete aos outros “cídios”, mas por muito que tenha buscado, não consegui encontrar-lhe significado: “Del” não me parece significar nada – será a morte por delação? De todos modos, parece ser daqueles típicos nomes brasileiros inventados, que em Portugal a Lei sequer permitiria dar a um filho 😉

      Curtir

  2. Pingback: “Parricídio” e “patricídio” | DicionarioeGramatica.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s