“Acessar” existe em português desde antes de você nascer

Sem título

Pergunta:  Consideram certo o uso da palavra “acessar”, em lugar de “aceder”? Já rendeu polêmicas no Ciberdúvidas (aqui). Eu não diria ‘aceder a um sítio’, para não ser taxado de pedante, mas, como não gosto de “acessar”, digo “visitar uma página de internet”.

Resposta: Na nossa opinião, não existe nenhuma polêmica quanto a “acessar” – o Ciberdúvidas é que criou uma confusão ao dar uma resposta limitada ao português europeu contemporâneo a um falante de português brasileiro. Em português europeu, não há polêmica, porque lá todos usam “aceder”, sem nenhum desconforto. Em português brasileiro, tampouco há polêmica: usa-se “acessar”, com o sentido de “ter acesso a”, há no mínimo uns 70 anos – desde antes mesmo, portanto, da invenção da Internet.

A célebre décima edição (atualizada por dicionaristas portugueses) do célebre Dicionário de Moraes, publicada em 1948,  lá trazia: “Acessar: Ter acesso. O mesmo que aceder.

IMG_1496

O verbo acessar já estava registrado, ademais, na primeiríssima edição do Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras e consta de todos os dicionários de português. Não só podem como deve, portanto, ignorar-se solenemente qualquer pessoa que diga que “acessar” não existe, que não é “bom português” ou que é um “neologismo” na língua portuguesa (a menos que a tal pessoa tenha mais de 70 anos).

4 comentários sobre ““Acessar” existe em português desde antes de você nascer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s