Sharia: em português, xaria (e não *charia)

muslims-prayers-france

As imprensas brasileira e portuguesa com frequência trazem notícias referentes à lei islâmica, que chamam, equivocadamente, xaria ou charia.

Sharia é a grafia inglesa da palavra árabe; charia é a grafia francesa. A grafia portuguesa é xaria, com x – como consta no Dicionário Houaiss (foto a seguir), no Dicionário da Porto Editora (xaria: lei religiosa islâmica, fundada no Alcorão), etc.

(Existe também a variante xariá, menos usada, porém igualmente correta – mas igualmente com “x“.)

Escrever em português “charia” (como se lê em alguns jornais, portais e na Wikipédia) é admitir ignorar as mais básicas regras ortográficas da língua portuguesa – uma das quais é a de que “Nos vocábulos de origem arábica o emprego de x, e não de ch, é de rigor; assim, xeque, e não che(i)k” – regra que constava já no primeiro Formulário Ortográfico da Língua Portuguesa, elaborado em Portugal em 1911.

Que em português se deveria escrever xaria, e não charia nem sharia,  era já de conhecimento dos leitores do nosso site, que já sabem que é uma regra ortográfica secular da língua portuguesa que, em português, se usa a letra xis (e não o dígrafo ch) para representar o som chiado, de “sh” (/ʃ/, no alfabeto fonético), em todos os aportuguesamentos vindos de línguas que não usam o nosso alfabeto – como, por exemplo, as palavras de origem árabeafricana, hebraica, persatupiturca.

São exemplos de palavras escritas com x de origem tupi: abacaxiguaxinimmacaxeirapixaimxamãxaráde origem africana: xingarmaxixe (uma fruta e uma dança), muxoxo (o barulho feito com a língua para mostrar desaprovação, que soa tsc-tsc), xará (pessoa com o mesmo nome que outra), quixima (poço d’água), orixá; de origem persa: xá (antigo rei da Pérsia ou Irã); xale (manto); xador (veste feminina usada no Irã); do turco: paxá; do japonês: xogum; e, de origem árabe: almoxarifado; xadrez oxalá; xerife; xarife; xeque; xeiquexarope; e, é claro, xaria:

xaria

Já as letras “ch”, em aportuguesamentos e palavras de estrangeira, têm outra origem – de que também já tratamos, na postagem “Chota é uma coisa, xota é outra” (clique aqui para lê-la).

2 comentários sobre “Sharia: em português, xaria (e não *charia)

  1. Pingback: Ortografia: “haxemita”, e não “hachemita” | DicionarioeGramatica.com

  2. Pingback: Xauarma: grafia em português para o prato árabe | DicionarioeGramatica.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s