“De férias” ou “em férias”: qual o certo?

vacances-zen-et-efficaces.jpg

Estou de férias ou em férias? Diz-se sair de férias ou sair em férias? A forma gramaticalmente correta é “de férias” ou “em férias”?

A forma tradicional em português, tanto em Portugal quanto no Brasil, é de fériasestou de fériassaí de fériasestaremos de férias; etc. Nesse caso, porém, como em tantos outros, abundam pela Internet sites de qualidade duvidosa, que, sem absolutamente nenhum embasamento linguístico ou gramatical, ensinam (erradamente) que a forma correta, ou preferível, seria “em férias”. Mentira.

No Brasil, o único gramático tradicional que abordou diretamente a questão foi Paschoal Cegalla, que ensina que a expressão tradicional é “de férias”: diz-se, ensina o gramático, “estar de férias”, como também se diz “estar de luto”, “estar de atestado (médico)”, etc.

Em Portugal, o tema é tratado no Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa (a correspondente portuguesa da nossa Academia Brasileira de Letras), que, no verbete “férias”, traz as expressões “estar de férias”, “entrar de férias”, “ir de férias” – todas com exemplos apenas com a preposição “de“, não “em“.

Por insegurança, porém, muitos brasileiros acabam cometendo uma hipercorreção (fenômeno que consiste em tentar “corrigir” algo que já estava correto, que não precisava de correção) e, quando querem falar “chique” ou escrever formalmente, trocam a corretíssima “de férias” por formas forçadas como “estar em férias”, “entrar em férias”. Embora tampouco esteja errada, “em férias” é menos usual, tem menos tradição e não é nem um pouco mais correta ou mais formal do que a tradicionalíssima forma “de férias“.

Diga (e escreva), portanto, sem medo: estou de fériasviajaremos de férias a Parisentrarei de férias na próxima segunda-feira; etc.

4 comentários sobre ““De férias” ou “em férias”: qual o certo?

  1. Em primeiro lugar, deixo meus cumprimentos, meus parabéns e meus agradecimentos pelo excelente serviço prestado neste blogue, uma das melhores, mais sérias e confiáveis páginas sobre língua portuguesa. Já aprendi de monte aqui, e sou-lhe imensamente grato.

    Não é diferente na questão em tela. Em vista das referências apresentadas, só posso concordar que “estar de férias”, “continuar de férias”, “viajar de férias”, “ir de férias ao Japão” seja a opção mais correta, formal ou tradicional. Se me permite, porém, cutucar um pormenor do texto, no caso de “entrar em férias” não se poderia admitir como igualmente correta e igualmente recomendável a preposição “em”, por imposição da regência do verbo “entrar”? Naqueles quatro exemplos a preposição pertence ao terreno do léxico; neste outro, já passa à sintaxe. Ali, “de férias” é franca locução adverbial, tomada ao léxico tal e qual; aqui, o termo preposicionado não é adverbial sob nenhuma perspectiva, senão puramente completivo, de maneira que, acredito não ser precipitado concluir, “entrar de férias” resulta duma contaminação sintática: toma o termo completivo por adverbial. Não que considere incorreto este giro registrado pela Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa, mas também não vejo por que contraindicar a forma não contaminada, sintaticamente mais firme. Que lhe parece?

    Obrigado desde lá. Um abraço.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s