Palavras com hífen e sem hífen

O hífen não é apenas para enfeite. Há um propósito bem específico para o uso do hífen: marcar o surgimento de um novo termo, formado pela junção de duas ou mais palavras que, quando unidas, ganham um sentido completamente novo, diferente da simples soma dos sentidos originais das palavras que o compõem.

É por essa razão que a palavra ano-luz, medida de distância, leva hífen, mas “ano passado” não; ou por que tio-avô, peixe-espadaporta-vozsegunda-feira têm hifens, mas “pai adotivo” ou “pai dedicado”, “peixe cru” ou “peixe frito”, “porta secreta” ou “porta traseira” e “segunda esposa” ou “segundas núpcias” não levam hífen.

O Acordo Ortográfico de 1990, em vigor desde 2009, simplificou parcialmente as regras de emprego do hífen. A seguir, há uma lista de palavras, termos e expressões cujo uso, com ou sem hífen, pode suscitar dúvidas.

O emprego (ou não) do hífen nas palavras e expressões a seguir segue estritamente o Acordo Ortográfico de 1990 (que é a norma legal que rege a ortografia no Brasil, a partir de 2016, e em Portugal, desde maio de 2015) – há casos em que as palavras a seguir estão grafadas diferentemente do uso feito pelo VOLP, o Vocabulário da Academia Brasileira de Letras (que não tem caráter oficial nem força de lei no Brasil); são casos em que o VOLP está errado, contrariando explicitamente o Acordo Ortográfico oficial (como, por exemplo, em co-herdeiro zunzum, palavras explicitamente mencionadas nessas formas no Acordo Ortográfico de 1990, mas que o VOLP, incorretamente, grafa “coerdeiro” e “zum-zum“).

Pela ortografia oficial, determinada pelo Acordo Ortográfico de 1990 (obrigatório no Brasil a partir de janeiro de 2016, conforme Decreto nº 6.583/2008), devem ser escritas da seguinte forma as seguintes palavras e expressões:

alta qualidade
alto mar
ano-luz
ano novo
assembleia geral
baixa-mar
bate-boca
bem-estar
bicos de rouxinóis
bicos de rouxinol
bom humor
bom senso
bomba atômica
bomba-relógio
caminho de ferro
cavalo-de-przewalski
centro-africano
centro-americano
centro-oeste
cônsul-geral
consulado-geral
conta conjunta
conta corrente
décimo primeiro
décimo segundo

décimo nono
dia a dia
dona de casa
estrela-do-mar
faxina geral
fim de semana
greve geral
guéri-guéri
Guiné-Bissau
Guiné Equatorial
indo-europeu
jogo duplo
jogo limpo
jogo sujo
limpeza geral
línguas de rouxinóis
línguas de rouxinol
lua de mel
mal-estar
mão de obra
mapa-múndi
marca-página
marca-passo
marca-texto
maré alta
maré baixa
maré morta
mau humor
mico-leão
mico-leão-de-cara-dourada
mico-leão-de-cara-preta
mico-leão-dourado
mico-leão-preto
nascer do sol
norte-americano
norte-coreano
norte-osseta
norte-rio-grandense
oba-oba
ouvidor-geral
ouvidora-geral
ouvidoria-geral
pai de família
pão de ló
pão de mel
papel almaço
papel-alumínio
papel-bíblia
papel-carbono
papel crepom
papel cuchê
papel higiênico
papel machê
papel-manteiga
papel-moeda
papel ofício
papel de parede
papel sulfite
passatempo
peixe-dourado
peixe-espada
peixinho-dourado
ponto de exclamação
ponto de interrogação
ponto e vírgula
ponto final
pôr do sol
porta-voz
preia-mar
primeira mão
primeiras núpcias
primeira-ministra
primeira-secretária
primeira-secretaria
primeiro-secretário
procurador-geral
procuradoria-geral
quarta-feira
quebra-cabeça
quebra-molas
quinta-feira
reunião geral
secretaria-geral
secretária-geral
secretário-geral
segunda esposa
segunda mão
segundas núpcias
segunda-feira
segunda-secretária
segunda-secretaria
segundo marido
segundo-secretário
senso comum
sexta-feira
Sri Lanka
srilankês
srilankesa
subchefe
subchefia
submundo
subdesenvolvimento
subsaariano
subsecretaria-geral
subsecretária-geral
subsecretário-geral
sul-africano
sul-americano
sul-coreano
sul-mato-grossense
sul-osseta
sul-rio-grandense
terça-feira
terceira-secretária
terceira-secretaria
terceiro-secretário
tintim
tintim por tintim (no VOLP, por erro, com hifens)
tia-avó
tio-avô
Timor-Leste
vaga-lume
via biliar
via-crúcis
via férrea
Via Láctea
via pública
via respiratória
via urbana
vias de fato
vias respiratórias
vice-cônsul
vice-consulado
vice-presidência
vice-presidência da República
vice-presidenta
vice-presidente
vice-presidente da República
vice-rei
vigésimo primeiro
vigésimo segundo

vigésimo nono
zunzum (assim está no Acordo Ortográfico; no VOLP, por erro, com hífen)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s