Cuidado! O “dicionário do aurélio” da Internet não é o “Dicionário Aurélio”

O verdadeiro Dicionário Aurélio não tem versão gratuita na Internet. O tal “Dicionário do Aurélio (dicionariodoaurelio.com) é um site de má qualidade, sem nenhuma relação com o verdadeiro Dicionário Aurélio, embora tente se passar pelo verdadeiro Aurélio – mas, em termos de qualidade, é o pior dicionário disponível na Internet. Quem procura um dicionário de português grátis na Internet pode acessar o Dicionário Aulete (aqui) ou o Dicionário Priberam (aqui) – estes, sim, realmente bons.

image_thumb5b95d

Originalmente publicado em 1975 por Aurélio Buarque de Hollanda, o Dicionário Aurélio é até hoje o dicionário de português mais vendido na história, o dicionário de referência no Brasil (onde “estar no Aurélio” é para qualquer palavra sinônimo de “estar correta”, “existir”) e é, até hoje, um dos maiores dicionários de português jamais feitos, com 143 387 palavras definidas.

Por tudo isso, é triste que muita gente venha caindo no golpe do criminoso “dicionário do aurélio“: um site “.com“, internacional (e que, por isso, os advogados do verdadeiro Dicionário Aurélio no Brasil têm tido dificuldade para tirar do ar), que se aproveita da fama do mais conhecido dicionário da língua portuguesa para lucrar com propaganda, fazendo-se passar pelo verdadeiro Dicionário Aurélio, mas apresentando verbetes e definições de péssima qualidade, roubados da primeira edição (à época, bastante incompleta) de outro dicionário virtual, o Priberam.

Assim, não se deixem enganar: diferentemente do Priberam, do Michaelis e do Aulete, o Dicionário Aurélio não têm versão para consulta grátis na Internet. Se estiver atrás de um bom dicionário de português gratuito na Internet, suas opções são o Priberam (clique aqui), o Michaelis (aqui) e o Aulete (aqui). Apenas para português de Portugal, há também o dicionário da Porto Editora.

O Dicionário Aurélio de verdade, atualizado, tem aplicativo virtual para para Windows, com todo o conteúdo do dicionário, mas que só pode ser acessado se for comprado; fora isso, o Aurélio “em papel” está à venda nas livrarias.

312523096824756

Eis as capas das edições em papel da versão completa (o “Aurelião”) do verdadeiro Dicionário Aurélio:

18453841y2x2bvbfol-_ac_ul320_sr274320_novo-diccionario-aurelio-da-lingua-portuguesa-edicao-de-luxo-831601-mla20345721164_072015-f285938_722dicionario-aurelio-onlineimage_thumb5b95d

Clique aqui para acessar a página do DicionárioeGramática

História dos dicionários e vocabulários e cronologia da ortografia da língua portuguesa

IMG_0632

Para ver a linha do tempo com a cronologia e a história das principais publicações da língua portuguesa, clique aqui.

 

Como se diz “tifinagh” em português? Como se traduz tifinagh?

Olá, estou escrevendo um trabalho sobre os tuaregues, e achei as palavras em português para “tuaregue”, “berbere”, etc, mas não encontro em nenhum dicionário a tradução ao português do nome do alfabeto dos tuaregues, o “tifinagh”. Já procurei no Houaiss, Porto, Michaelis, Priberam, nada, nada. A palavra não tem  tradução para o português?

Resposta: Tifinagh, em português, é tifinague. A palavra tifinague está assim registrada no Dicionário Aurélio (como adjetivo e substantivo masculino, com a definição de “escrita dos tuaregues”). A palavra tifinague está igualmente grafada, assim, na Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, publicada em Portugal na década de 1950, em que se afirma que o alfabeto “tifinague dos tuaregues” era, à época, ainda usado “por 40 a 50% dos marroquinos”.

Atualmente, o tifinague já não é mais identificado como “alfabeto das tuaregues” tão somente, sendo usado pelos povos berberes em geral (os tuaregues são apenas um dos vários povos berberes). Uma versão moderna do tifinague foi recentemente oficializada como um dos alfabetos oficiais do Marrocos.