esprinte, aportuguesamento de “sprint”

esporte-olimpiada-usain-bolt-20160815-001

Um leitor pergunta se existe aportuguesamento de “sprint” – termo que se refere seja a uma corrida de velocidade de curta distância, seja ao esforço final numa corrida, em que em geral se atinge a máxima velocidade possível.

Como a língua portuguesa não admite substantivos comuns começados por “st-” nem terminados em “-t“, o aportuguesamento possível seria, naturalmente, esprinte.

E, respondendo objetivamente à pergunta: sim, existe a palavra esprinte; ela aparece em Ensaio sobre a cegueira, de José Saramago, o único escritor em língua portuguesa a ganhar um Nobel de literatura:

sem-titulo

Ensaio sobre a cegueira. José Saramago

É claro que se pode mesmo assim preferir substituir esprinte por formas mais tradicionais em português, como – a depender do contexto – corridacorrida rápidabreve corridaarrancadaarranqueesforço (final). Mas, se se quer usar o neologismo, que se use o bem formado aportuguesamento esprinte, que segue as regras da boa formação de substantivis portugueses e que tem a chancela de ninguém menos que nosso primeiro Nobel.