Não nos esqueçamos de gelinho, flau, laranjinha e chope

chups
Previamente, comentamos o fato de os dicionários brasileiros estranhamente não registrarem a palavra dindim – que é, muito bem, registrada pelo português Priberam -, nem no sentido de dinheiro (bufunfa, pratas, pilas, cascalho, etc.), nem no sentido desse refresco congelado aí da foto acima – que recordamos ser também chamado, em diferentes partes do Brasil, geladinho sacolé.

Leitores e leitoras escreveram-nos desde então para “reclamar” do fato de termo-nos “esquecido” de mencionar os nomes usados em suas respectivas regiões.

Como mostra a série de respostas à consulta, abaixo – e corrigidas as grafias -, há, além das já dicionarizadas geladinho (usado na Região Sul e em parte de SP), sacolé (no Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul), dindim (típico de Brasília e do Norte e Nordeste) e refresco (em Mato Grosso), as seguintes formas, também usadas de forma significativa em diferentes partes deste país-continente que é o Brasil:

  • gelinho (usado na cidade de São Paulo),
  • flau (nas regiões Nordeste e Norte),
  • laranjinha (em Goiás e interior de Minas Gerais),
  • chupe-chupe (Santa Catarina, Minas Gerais e litoral de São Paulo) e
  • chope (usado no Pará).

Confira o resultado da enquete:

50y4j2

Dindim é dinheiro, mas também é geladinho, sacolé ou gelinho

Untitled (2)

Todo brasileiro conhece a palavra “dindim”, forma reduzida de dizer, num contexto informal, “dinheiro”. É surpreendente, assim, que, até poucos meses atrás, nenhum dicionário de português registrasse o substantivo masculino dindim. E é irônico o fato de o primeiro dicionário a registrar a palavra dindim ser não um dos excelentes dicionários brasileiros – como o Aurélio, o Houaiss ou o novo Aulete -, mas o portuguesíssimo Dicionário Priberam (dindimsubstantivo masculino; origem onomatopeica; brasileirismo: Dinheiro). Ponto para o Priberam.

Fica faltando, porém, um sentido de dindim – provavelmente o mais usual, se confiarmos na busca do Google Imagens (ver aqui): em partes do Brasil, dindim é o nome mais usual disto que se vê na foto abaixo: um “suco em geral com sabor artificial de fruta, congelado dentro de um saquinho plástico circular, semelhante a um picolé cilíndrico e esticado, porém sem pauzinho; também chamado geladinho, sacolé ou gelinho“.

768d55710b_media